Viagens Para Viciados Em Fotografia

Todo viagem costuma ser acompanhado de um punhado de fotografias, lembranças físicos dos momentos que eles viveram e os lugares que eles visitaram durante o trajeto. De um tempo a esta divisão, este elo entre a fotografia e as viagens se fortaleceram, ainda mais, com a proliferação de viagens fotográficas. Uma modalidade em que os viajantes encontram novos lugares no tempo em que fotógrafos profissionais ensinam os segredos para pegar o máximo partido da tua câmara, conseguindo dessa maneira os mais queridos momentos de tuas viagens.

Ao sul dos Andes, entre a Argentina e o Chile, a universidade Pinaphoto siga as pegadas dos solos por intermédio da Patagônia. Por essa surpreendente região decorre o curso de iniciação ao fotojornalismo, cujo objetivo é contar histórias por meio da imagem.

com a Câmera pela mão, ele vai percorrer antigos caminhos, aldeias indígenas e bosques patagônicos, durante o tempo que descobre a cultura de que habitaram neste local há milhares de anos. Desde o charmoso vilarejo de San Martín de los Andes até o respectivo Pacífico, com paragens entre vulcões e lagos, em um percurso de quatrorze dias.

E sempre tentando com famílias locais. Pinaphoto, instituição especializada em passeios fotográficos sobre o terreno, assim como organiza oficinas nos Balcãs. O estreito do Bósforo fração em dois Istambul, que se divide entre a Europa e a Ásia. A extraordinária cidade turca tem quatrorze milhões de almas e é um dos lugares mais visitados do universo. Atrativos não faltam. Guardar pra posteridade a iluminação mágica que envolve Istambul será mais fácil com a companhia de uma fotógrafa profissional e cinco dias para percorrer seus cantos, devido a esta viagem ordenado pela Artisal. A neve e o gelo são uma frequente por esse nação escandinavo de paisagens dominadas pelos fiordes. Mas se existe um fenômeno que fascina aqueles que o contemplam, esse é o das auroras boreais.

Um incomum espetáculo que se torna o eixo central do curso estruturado na Taranna: durante seis dias, organiza na Noruega, de uma oficina de fotografia para estudar os segredos desta obediência e poder retratar as evitas luzes do Norte. Bem-vindo a esta ilha encalhado no Atlântico. A força do mar batendo contra a costa, as brumas escurriéndose entre as íngremes montanhas ou para a luminosidade colándose por entre as copas das árvores da floresta são somente várias das maravilhas que a Madeira fornece.

Alventus Viagens adiciona uma semana na ilha, recorriéndola e recebendo aulas de fotografia, passando ali o Fim de ano. O subcontinente indiano é um lugar especial. Seu enorme tamanho esconde recantos pra todos os gostos, desde cidades várias povos perdidos, desde monumentos espectaculares maravilhas naturais. Toda a magia e a história indianas estão ao alcance do objetivo de uma câmera. Em Fotógrafos Viajantes que percorrem durante doze dias, as cidades de Delhi, Jaipur, Varanasi ou Agra, onde realmente compensa esperar a que chegue as espetaculares luminosidade do dia pra capturar o Taj Mahal. Para os que preferem permanecer na Península, o espetacular Vale de Aran, no sopé dos Pirenéus, é um local de uma graça agreste, que dá ao visitante estampas incríveis.

  • 503 O náilon (nylon)
  • Vale do sul do Nilo (Egito)
  • dois Terapia de processamento sensorial
  • Usar saias cruzadas
  • Com sistema de eliminação manual, as gurias optam que fração do desenho apagados
  • dois américa do Sul e Caribe
  • Incutir o respeito pelo meio ambiente
  • Anfíbios: Dez

Sendo assim é escolhido como destino de Alamay, que percorre o outono aranês apreciando as cores dessa estação lhe arranca o vale, que é cheia de amarelos, vermelhos e laranjas. Sem dúvida um espetáculo que vale a pena ser imortalizado.

Na viagem organizada por Artisal, durante 11 dias, você pode desfrutar do feitiço cubano, passeando por Havana e Trinidad e aprendendo sobre isto estes dois destinos magníficos como fazer as espetaculares imagens. Acompanhados por uma fotógrafa profissional, aqueles que visitam Cuba, poderão checar que, na boniteza da ilha, recolher uma foto ruim é irreal.