Mama Da Carreira

E nesta ocasião que estou melhor da minha frescor, comecei os cursos pré-parto. No domingo fui pra animar a minha amiga Vanessa Veiga, que corria a maratona de Madrid, e fazia um gelado de morte. De fato eu peguei uma gripe. Mas foi um dia para recordar. Já estou preparando a mala do hospital e enxoval, para que diante de qualquer emergência não me esqueça de nada, que logo depois, com os nervos lhe inexistência a metade das coisas. Uma vez eu esqueci-me de meter as sapatilhas com pregos, indispensáveis pra pista de atletismo.

Vamos lá, o dia que você não me esqueceu alguma coisa, sinto uma raridade similar ao mal fario. Eu continuo com a piscina. Estes dias me acompanha minha filha Candela, faz-lhe uma ilusão tremenda e divirta-se.

Eu tive que baixar novamente o ritmo de nadar, porque ao amadurecer tão rapidamente o pirralho parece que me oprime os pulmões e noto a diminuição do ar. Também me passa ao subir as escadas, pelo motivo de quase nunca exercício o elevador. Subir as escadas era um tipo de exercício que bem como fazia antes. É para trabalhar a potência das pernas, vai de maravilha, se pegue tom nas pernas e suporta melhor o peso da barriga.

Já estou terminando o segundo trimestre e eu estou dormindo regular, com este dorme vela tão parecido com os primeiros meses de amamentação. Após o primeiro despertar, tardio em dormirme um século. Já me aconteceu no primeiro, ou até já foi a pior, e isto que dizem que a gestação se triplica o nível de progesterona, um hormônio com efeito sedativo. O pior é que a cabeça me vai a 1 mil por hora.

Que necessidade tem o ser humano de adiantar-se aos acontecimentos? eu e meu fedelho gosta! Nesta Semana Santa eu conheço que mais de 6000 pessoas entraram no web site de Mãe pra corrida. Isso me alegra muito, como também ler as avaliações das pessoas que se inscrevem no fórum e enxergar como outras mulheres destacam teu interesse, apreciação ou conhecimentos sobre o tópico do esporte e da maternidade.

Como nota-se a rápida passagem do tempo, e mais na gravidez. Na semana passada, vos contava sensações que esta semana foram alterados. Um mês é um universo e isso faz com que a tua cabeça experimente coisas que dificultam a firmeza emocional; é uma montanha russa. Vamos lá, que eu tenho ‘chispilla’ e isto agrada-me. Não imagino se será graças à perda do cortisol, aquele hormônio que tal tem marcado a minha vida esportiva.

  1. Percepções de ameaça
  2. 1 Mecânica celeste
  3. 1-2 colheres de sopa de xarope de bordo puro
  4. 1 Evidência científica
  5. Se vai jogar nos EUA em 2016

Ando investigando coisas sobre a bioquímica do nosso corpo humano e como se altera na gravidez. O cortisol aumenta no momento em que estamos muito estressadas e, que interessado, reduz quando você está grávida. À proporção que se ensanchaba minha cintura, eu tive que deixar de usar a minha roupa normal.

Isso era uma pequena contrariedade. Quero falar hoje a respeito do que é primordial dirigir-se confortável pra fazer esporte. No fim de contas chegou o momento de fazê-lo público. Ao terminar o primeiro trimestre da minha primeira gravidez, e após a ecografia inicial em que parecia que tudo estava bem, contei aos meus companheiros. Tinha muita desejo de fazê-lo, entretanto além de tudo, tinha muita desejo de conhecer tuas reações. Todos, sem exceção, enmudecieron o primeiro instante. Depois sorriu e me olhavam com ternura.